22/05/2012

é por esta altura do ano que começam as dietas...

A pedido de muitas famílias, que pretendem passar algum tempo de qualidade na praia, sem terem de sofrer horrores com a abominável imagem do meu corpo, decidi iniciar uma dieta.

O primeiro passo foi o mais óbvio: deixar de comer.

Andei um dia inteiro a saladas e queijo fresco e o resultado, como devem calcular (eu não calculei), foi sentir-me mal, com dores de cabeça e quase a desmaiar. Só ao jantar é que comi qualquer coisa consistente.

Segundo dia, o mesmo objectivo, estratégia diferente. Com a ajuda da Raquel, que depois de consultar alguns sites e de estudar bem a matéria (nestas coisas as mulheres são mais inteligentes do que os homens...), me orientou para uma alimentação equilibrada e saudável. Coisa que ela não faz, diga-se de passagem...

Em suma, aquilo que tenho vindo a fazer de há uma semana para cá, é tomar cinco refeições por dia, com alimentos variados de todos os grupos alimentares e em quantidades controladas. Para além de reduzir ao mínimo os alimentos demasiado calóricos e as gorduras excessivas.

Mas há uma importantíssima excepção: ficou decidido que ao fim-de-semana posso portar-me mal! O que significa que vou continuar a poder comer boas comidas, bons petiscos e a cozinhar boas receitas que não se enquadrem nas regras dietéticas.

O desafio que se me coloca agora, é o de cozinhar bons pratos, com muito sabor, mas que não saiam dos limites que a dieta me impõe!

Por isso, mais logo espreitem a receita que vos vou deixar aqui, que vai estrear as «receitas saudáveis»!



João

1 comentário:

Liliana Costa disse...

Txi o que eu sofro com isso porque nao tenho controlo nenhum sobre o que como durante a semana. ao fim de semana quero comer o que me apetece.
algumas receitas saborosas e pouco caloricas?
sei la uma salada de mozarella e excelente, mas depois fico a rebolar-me com fome