07/03/2012

receita - morcela de Leiria com maçã e laranja

Este prato funciona muito bem como entrada e é muito fácil de fazer. 
A maçã caramelizada misturada com os pedaços de maçã e laranja crus oferecem texturas variadas e conferem a doçura e acidez necessárias para cortar a gordura da morcela.
Experimentem que vale a pena!

É preciso:

- maçãs
- laranjas
- limão
- açúcar
- água
- azeite
- morcela de Leiria (ou outra)

Começa-se por cortar as maçãs e as laranjas em pedaços.
Conserva-se metade da maçã cortada com sumo de limão para evitar que oxide.


Numa frigideira em lume médio põe-se açúcar e água (a quantidade de açúcar depende do gosto de cada um). 
Quando o açúcar estiver totalmente dissolvido junta-se metade da maçã cortada e cozinha-se durante uns minutos.

Noutra frigideira, com um pequeno fio de azeite, frita-se a morcela. 
Depois de cozinhada, corta-se em doses individuais.

Apresentação:

Num prato ou tijela, a fruta por baixo e a morcela por cima.



João

6 comentários:

Mariinha disse...

Olá obgrigada por ter passado pela minha Mansarda. Vim conhecer o seu blogue e logo em tão boa hora que vi uma receita de morcela de Leiria, as famosas morcelas de arroz. Conheço e já comi várias vezes, porque tenho pessoas amigas dessa cidade. Vou passando por aqui.

Jibóia Cega disse...

Já experimentaste isto com morcela de sangue em vez de arroz? Se sim, como é que fica? É que na minha terra faz-se morcela de sangue que leva cominhos.

Alexas disse...

Deixo uma sugestão.

Morcela dos Açores frita com ananás dos Açores. Um prato típico das ilhas de brumas :) Muito bom.

les bons vivants disse...

Mariinha,

Passe sempre que quiser, é bem vinda!

Jibóia Cega,

Já! Fica muito bom, também. A Raquel prefere com morcela de sangue. Qual é a tua terra?

Alexas,

Obrigado pela sugestão! Nunca provei mas acredito que seja muito bom.


João

Jibóia Cega disse...

Joao, ainda vou experimentar! Nao te posso dizer aqui para salvaguardar a minha identidade mas é no interior de Portugal.

PS - Se um dia me convidares a experimentar um restaurante e trocarmos experiencias culinárias conto-te tudo. Eheh.

les bons vivants disse...

Jibóia Cega,

Interior de Portugal já dá para ter uma ideia. Qualquer dia contas tudo!

João